domingo, 27 de março de 2011

Pontuação faz a diferença!

Um homem muito rico estava extremamente doente, agonizando. Pediu papel e caneta e escreveu, sem pontuação alguma, as seguintes palavras:

'Deixo meus bens a minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres. '

Não resistiu e se foi antes de fazer a pontuação. Ficou o dilema, quem herdaria a fortuna? Eram quatro concorrentes.

1) O sobrinho fez a seguinte pontuação:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

2) A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o texto:
Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

3) O padeiro pediu cópia do original. Puxou a brasa pra sardinha dele:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

4) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação:
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga aconta do padeiro? Nada! Dou aos pobres.

Moral da história: A vida pode ser interpretada e vivida de diversas maneiras. Nós é que fazemos sua pontuação. E isso faz toda a diferença...

quarta-feira, 9 de março de 2011

Como surgiu a cedilha?

Embora tenha deixado de ser empregada na grafia da língua espanhola, a cedilha surgiu na Espanha. A origem da palavra vem de "cedilla", diminutivo de "ceda", nome da letra "z" nesse idioma. Primitivamente, a cedilha era um pequeno "z" que se colocava debaixo do "c" para indicar que a letra correspondia ao som de [s].

O castelhano abandonou o uso da cedilha no século 18, a qual foi substituída por “z” ou “c” simples antes de “e” e “i”. A cedilha ainda é utilizada em português, catalão e francês para gerar o som [s] antes de “a”, “o” e “u”.

Exemplos: criança, preço, açúcar

Assobiar ou Assoviar?

Tanto faz, pois ambas são consideradas corretas. O mesmo ocorre com todas as palavras a seguir, formas variantes em língua portuguesa.



Aluguel Aluguer
Bêbado Bêbedo
Cãibra Câimbra
Caminhão Camião
Champanhe Champanha
Chimpanzé Chipanzé
Cota Quota
Cotidiano Quotidiano
Dois Dous
Flecha Frecha
Germe Gérmen
Louro Loiro
Marimbondo Maribondo
Neblina Nebrina
Porcentagem Percentagem
Quatorze Catorze
Quociente Cociente
Rastro Rasto
Registrar Registar
Taberna Taverna
Terraplenagem Terraplanagem
Tesouro Tesoiro
Verruga Berruga

Palíndromos

Palíndromos são palavras ou frases que podem ser lidas da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda. Podemos dizer que o palíndromo, comparado à frase comum, é como um bilhete de ida-e-volta. "Ana", por exemplo, é um nome palindrômico.

O vocábulo "palíndromo" é de origem grega, sendo formado pelos elementos "palin" (novo), mais "dromo"(percurso, circuito). Palíndromos também podem ser chamados de anacíclicos, ou seja, que voltam em sentido inverso, que refazem inversamente o ciclo.

Alguns especialistas atentam para não confundirmos versos sotádicos com palíndromos. Os versos sotádicos são aqueles que lidos da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda, também não alteram seu sentido, como por exemplo:

"Infelizmente morreram todos" = "Todos morreram infelizmente"

O palíndromo configura-se em uma das muitas maneiras de se interagir com a palavra e estaria presente inclusive nas Sagradas Escrituras, quando Adão teria dito sua primeira frase à Eva: "MADAM, I'M ADAM" ("Senhora, eu sou Adão").

Um dos palíndromos mais antigos e conhecidos está em latim: "SATOR AREPO TENET OPERA ROTAS" (O lavrador diligente conhece a rota do arado"). Este é considerado um palíndromo perfeito, pois pode ser lido em qualquer direção, inclusive de cima para baixo ou de baixo para cima. Observe:

S A T O R

A R E P O

T E N E T

O P E R A

R O T A S

O maior palíndromo que se conhece é a palavra finlandesa "SAIPPUAKIVIKAUPPIAS", de dezenove caracteres, que significa "vendedor de soda cáustica". Já a palavra palindrômica mais extensa do nosso idioma é o superlativo de omisso, OMISSÍSSIMO.

Na construção de sentenças, versos e frases o exemplo tido como mais antigo do Brasil é: "ROMA ME TEM AMOR". Depois deste, surgiram vários outros, dentre eles o conhecido: "SOCORRAM-ME, SUBI NO ÔNIBUS EM MARROCOS". Outros dois palíndromos que chamam a atenção pela extensão, são: "ME VÊ SE A PANELA DA MOÇA É DE AÇO MADALENA PAES, E VEM" e "LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL".

Existem palíndromos em outros idiomas, além dos já citados em português e inglês, tais como:

- Palíndromo em sueco: "NI TALAR BRA LATIN" (Vocês falam bem latim)

- Palíndromo em espanhol: "SÓLO DI SOL A LOS ÍDOLOS" (do argentino Juan Filloy)

- Palíndromo em francês: "L'ÂME DES UNS IAMAIS N'USE DE MAL". (Larrousse du XX esiècle)

- Palíndromo em latim: "ESOPE RESTE ICIET SE REPOSE" (Petit Larousse)

terça-feira, 8 de março de 2011

Análise Sintática

1- Separe o sujeito do predicado.

a. “A pêndula do bar matelou seis horas” (Ribeiro Couto)
b. “Por minha vontade eu ficava ouvindo aquele menino a vida inteira.” (José Veiga)
c. “Dona Anita deu meia dúzia de beliscões no caçula...”(Carlos Heitor Cony)
d. “Genoveva não se defendia de um erro ou de um perjúrio.” (Machado de Assis)
e. “Atrás dele vinha o rapaz de cabelos louros, encaracolados, com olhos e nariz azuis muito abertos.” (José Clemente)
f. “Os seus hábitos estranhos deixavam perplexos os moradores da rua.” (Murilo Rubião)
g. “Vai alta no céu a lua da Primavera.” (Alberto Caeiro)
h. “A casa de palha do negro Damião, o fogo comeu num instante.” (José Lins do Rego)

2- Separe osujeito do predicado e informe se a oração está na ordem direta ou inversa.

a. No horizonte sumia o sol lentamente.
b. Aquela gritaria deixava-me tonta.
c. No lixo da feira, crianças garantiam o seu almoço.
d. Surgiu ao longe uma estrela.
e. Moças e rapazes procuravam divertimentos.
f. Por todas as firmas ele passou à procura de emprego.
g. Ninguém aguarda mais o trem.
h. Foram à escola pai, mãe e filho.
i. Poucos entenderam o plano.
j. Dominava o meu coração uma saudade imensa.
k. Inconformados, os candidatos derrotados deixaram o país.
l. Chegaram as minhas encomendas?
m. Nós necessitamos de sua ajuda.


3- Separe o sujeito do predicado e identifique o núcleo do sujeito.

a. Um bando de andorinhas pousou no fio elétrico.
b. As duas crianças estavam na creche da prefeitura.
c. A madeira é usada na fabricação de utensílios domésticos, na construção de embarcações e de casas.
d. Aqueles poucos atores reuriram-se em protesto no sindicato.
e. A luta em defesa do ambiente é necessária e fundamental.
f. As florestas nativas de São Paulo sobrevivem em pequena parte do território estadual.

4- Junte os dois períodos num só, transformando sujeito simples em sujeito composto.

a. O pai foi viajar. O filho foi viajar.
b. O consumo de carne bovina aumentou. A produção de leite aumentou.
c. A fome deve ser evitada. A violência deve ser evitada.
d. Os cartazes do candidato foram censurados. As palavras do candidato foram censuradas.
e. Os policiais localizaram os sonegadores de impostos. Os ficais localizaram os sonegadores de impostos.
f. Os jornais noticiavam o acidente da Petrobrás. As rádios noticiavam o acidente da Petrobrás.


5- Sublinhe os verbos e identifique o sujeito, classificando-o.

a. Eram cinco anos do casamento. Comemoravam o aniversário com grande festa. Os dois, muito alegres, falavam sobre o dia em que se conheceram. Chovia e não havia ônibus. Ele chegou e lhe ofereceu carona sob seu guarda-chuva. Ela ficou indecisa mas não podia perder a hora do trabalho. Caminharam por muito tempo até que um perguntou o nome do outro.

b. Jureia ganhou, no lugar de quatro usinas atômicas, uma estação ecológica para fins científicos e educacionais. Arquitetos, biólogos, geógrafos e políticos criaram o Grupo de Defesa da Jureia. Lutaram contra o projeto nuclear e contra a especulação imobiliária que havia na região. O parque da Jureia é um dos últimos locais intactos da Mata Atlântica brasileira. Possui rochas milenares e grande número de animais em extinção.



6- Todos os verbos das orações são transitivos diretos. Identifique-os por meio de retângulos e destaque o objeto direto.
a. O Brasil já exportou muito café.
b. Depois de muito tempo, abracei novamente o meu amigo.
c. O professor elogiou o trabalho do aluno.
d. No inverno, o pôr-do-sol transmitia beleza.
e. O governo brasileiro importa carne.


7- Os verbos das orações que seguem são transitivos indiretos. Identifique-os por meio de retângulos e destaque o objeto indireto.

a. Assistimos a um ótimo filme na semana passada.
b. O cantor não gostava de repórteres.
c. O povo brasileiro aspira a melhores condições de vida.
d. Nossas propostas interessam a todos.
e. Nenhum país resiste a altas taxas de inflação.


8- Os verbos das orações que seguem são transitivos diretos e indiretos. Identifique-os por meio de retângulos e destaque os objetos.

a. Os pesquisadores e cientitas ensinam aos agricultores novas técnicas de plantio.
b. Explicaram a história ao advogado com exatidão.
c. Entregamos o presente à noiva.
d. Devolveram ao garoto o seu livro.
e. Os trabalhadores pediram ajuda ao ministro do trabalho.


9- Faça um retângulo nos verbos das frases abaixo e diga se são transitivos ou intransitivos; quando forem transitivos, classifique-os e destaque o objeto.
a. Nós obedecemos às leis, mas nem todos fazem isso.
b. Alisei meus cabelos e pintei minhas unhas.
c. Dei um dinheiro ao garoto e ele comprou um doce.
d. Alguns choravam, outros riam.
e. Não precisamos de sua ajuda.
f. Entrei no bar e logo avistei o amigo.
g. Assim que abri a bolsa, senti o problema: havia esquecido a carteira.

10- Destaque o verbo de ligação e informe o tipo de relação que ele expressa em cada uma das frases abaixo. (estado transitório, continuidade de estado, estado aparente, estado mutatório, estado permanente.)

a. Os passageiros estavam angustiados dentro do ônibus.
b. As ruas de São Paulo continuam abarrotadas de carros.
c. O motorista parecia apressado.
d. A figurante tornou-se uma grande atriz.
e. O ator é ótimo.
f. O copo virou cacos.


11- Identifique somente as frases que possuem verbos de ligação e sublinhe-o.

a. Tudo parecia muito estranho.
b. A mulher andava devagar pelas ruas.
c. Meu amigo andava tristonho naquela época.
d. O garoto caiu doente há alguns dias.
e. Cláudia vive reclamando da vida.
f. Cláudio vive feliz da vida.
g. A menina caiu da escada.
h. Todos continuaram mudos na reunião.


12- Destaque os verbos e classifique-os quanto à sua predicação.

a. O atleta surge radiante.
b. Os adultos rejeitaram a sopa.
c. O meteorologista anunciou um belo dia.
d. Nós precisamos de calma e de compreensão.
e. Ele viu o animal e fugiu.
f. A sala permanecia silenciosa até o menino chegar.
g. Oferecemos nossos livros à biblioteca circulante.
h. Obedeceram aos pais sem reclamações.
i. Assistiu ao programa para conhecer os ritos indígenas.
j. Eles se tornaram agressivos repentinamente.
k. Maria e Cristina logo tornaram à casa.

13- Que tipo de verbos constituem o núcleo do predicado verbal?

14- Destaque o núcleo e classifique o predicado.

a. Os rios deságuam no mar.
b. Meu avô contava muitas histórias aos netos.
c. Os turistas visitaram as cidades históricas brasileiras.
d. A estrada terminava num deserto.

15- Faça a análise das orações abaixo.

a. O homem caminhava sem destino pela rua.
b. Os bóias-frias levantam muito cedo.
c. Eles gostam da hospitalidade brasileira.
d. A criançada ouvia a história atentamente.
e. Aninha enviou uma carta à irmã.


16- Quais são os termos básicos do predicado nominal?

17- Sublinhe os verbos de ligação e faça um retângulo no predicativo do sujeito.

a. As telefonistas continuavam ocupadas.
b. Os seus olhos ficaram fechados por algum tempo.
c. A criança permaneceu quieta apenas nos primeiros minutos da visita.
d. A garota fez-se linda para o namorado.
e. Os assalariados vivem preocupados com o fim do mês.

18- Qual é o núcleo do predicado nominal?

19- Separe o sujeito do predicado e classifique opredicado, destacando seu núcleo.

a. Os motoristas andam descontentes com o trânsito.
b. O técnico ficou surpreso com o novo aparelho de som.
c. Os turistas ficaram impressionados com o sol de verão.
d. Com o incidente, Maria fez-se pálida.
e. Os pais estavam preocupados com os filhos.

20- Identifique o predicado e classifique-o em nominal ou verbal, destacando o seu núcleo.

a. Muitos ficaram calados na hora da votação.
b. Os presos permaneciam incomunicáveis.
c. O vigário mordia de leve os beiços.
d. Olhamos aquele sorriso largo e branco.
e. O silêncio da madrugada é tranquilizante.
f. O pai não gostava de muita conversa.
g. A classe toda parecia irrequieta.


21- Nas orações que seguem, todos os predicados são verbais. Faça a análise das orações.


a. O povo quer instabilidade econômica.
b. As crianças riram muito.
c. Ninguém gosta de traição.
d. O rapaz partiu de repente.
e. Os soldados eos tenentes caminhavam pela manhã.
f. Os motoristas devem obedecer aos sinais de trânsito.
g. O aluno ofereceu ao professor o poema.
h. O país parou naquela hora do jogo.
i. As rosas desaparecem nesta época do ano.


22- Nas orações que seguem, todos os predicados são nominais. Faça a análise dessas orações.

a. O choro parecia um desabafo.
b. Nós parecíamos cansados.
c. O carro virou alguns cacos.
d. Os alunos estavam silenciosos.
e. Os médicos continuavam revoltados.

23- Faça um retângulo no predicativo e informe se é predicativo do sujeito ou do objeto.

a. Cuiabá já foi atraente para compradores de carros usados.
b. Nossa esperança continua forte.
c. Os familiares julgaram o dia do casamento inoportuno.
d. O pai estava falante, mas mesmo assim percebeu o filho desanimado.
e. A mudança de alimentação tornara o doente animado e disposto.
f. Armando saíra apressado.
g. Julgaram o quadro azul de Lila o melhor.
h. Encontraram machucado o garoto.
i. Os jovens trabalham felizes.
j. Os eleitores consideravam corrupto o candidato.

24- Identifique o núcleo do predicado das orações abaixo.

a. A obra daquele arquiteto era reconhecida mundialmente.
b. O frio continuava cortante.
c. Estas abelhas produzem o melhor mel.
d. À tarde, ela voltou para o trabalho.
e. Encontravam-se, às escondidas, todas as noites.
f. Ele deixou, desiludido, o hospital.
g. Achavámos interessante o rapaz.
h. Procuravam o sequestrador em lugar errado.
i. Aquela mulher precisava de um médico.

25- Identifique o predicado das orações abaixo.

a. A injustiça aborrece o homem.
b. Os trabalhadores voltaram exaustos.
c. Perante a lei, somos todos iguais.
d. As flores desabrocham lindas na primavera.
e. O juiz julgou o réu culpado.
f. O povo anda preocupado com os preços dos alimentos.
g. O alimento básico da criança é o leite.
h. O jogo continuava.
i. O jogo continuava animado.
j. O caso parecia confuso.
k. Da minha varanda vejo, entre árvores e telhados, o mar.
l. O aluno voltou alegre.
m. Os fogos de artifício coloriam a noite.
n. A vizinhança permanecia em estado de alerta.
o. Todos nós tremíamos assustados.
p. Os investigadores trabalhavam sozinhos.
q. A criança saiu acompanhada.


26- Faça a análise das orações abaixo.

a. O povo recebeu a notícia irritado.
b. O candidato ficou frustrado com o resultado das eleições.
c. O povo escolhe o seu presidente.
d. A Constituição Federal é a lei maior do país.
e. O carvão, o gás natural e o petróleo são substâncias minerais.
f. A produção comercial e industrial aumentou nos últimos meses.
g. O povo não aprova decisões autoritárias.
h. O romance parecia interessante.
i. Nomearam Sérgio secretário.


27- Informe a função sintática ( objeto direto ou objeto indireto ) dos pronomes oblíquos presentes nas frases.

a. Nós lhe telefonamos no fim de semana.
b. O professor o respeitava bastante.
c. Compete-lhe dar ordens?
d. Perdoou-lhe sem dificuldade.
e. A plateia olhava-os com admiração.
f. Mirou-se no vidro da janela, na falta de espelho.
g. Ela o agrediu sem motivos.
h. Quis mostrar-te o quadro.

28- Classifique os objetos destacados nas frases.

a. É preciso desenvolver o turismo no Brasil, diziam-nos os chefes da excursão.
b. Contei-lhe apenas o que ouvi.
c. O homem do cartório explicou isso também a ele.
d. Há os que acreditam nisso, mas espero que não seja verdade.
e. Cada um calça o sapato que lhe serve, dizia minha avó.
f. Há situações de que não gostamos, mas é preciso enfrentá-las.
g. Digo-lhe com sinceridade que não posso vendê-lo.
h. Reservou-nos uma mesa especial e nos cobrou também um preço especial.
i. Concedeu-lhe permissão, mas já era tarde.
j. A empresa concordou com o salário que pedimos.


29- Informe a função sintática dos termos destacados.

a. A maioria da população é favorável à reforma agrária.
b. Perdoei-lhe a dívida.
c. A Constituição foi elaborada pelos senadores e deputados federais.
d. Necessitamos de reformas sociais.
e. Os trabalhadores merecem salários justos.
f. Esse é o presente que eu pedi.
g. O paciente chamou-a.
h. Reagiu o povo contra a poluição da praia.
i. Sobram-lhes atitudes desonestas e maldosas.
j. A comida pareceu-lhe azeda.
k. Quando cozinha, ela o faz com amor.
l. Eles nos admiram.
m. As plantações foram destruídas pelos insetos.


30- Destaque os adjuntos adverbiais e classifique-os.

a. Abriram a garrafa de guaraná com uma faca.
b. O operário dirige-se para a casa com ansiedade e às vezes, por necessidade, viaja na porta do ônibus.
c. Trabalhava em São Paulo e residia no Guarujá, por isso viajava de carro e andava de balsa todos os dias.
d. Tentou abrir a mala com a minha chave, mas não conseguiu; com esforço arrebentou a fechadura.
e. Descasquei a laranja, mas, por distração, joguei-a no lixo e fiquei com a casa na cama.
f. Hoje alguns jovens procuram mais a hospedagem nos “campings” do que nos hotéis.
g. Não duvido de que o contato com a natureza nos deixe descontraidamente felizes e livres.
h. As grandes festas da uva e do vinho realizam-se nos meses de fevereiro emarço, nas cidades de Bento Gonçalves e Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.
i. Contaram-nos a emocionante aventura dos brasileiros que venceram com dificuldade o desafio do pico Aconcágua, realmente o mais alto das Américas.
j. O posto de saúde não quis atender o paciente que se feriu com a espinguarda, talvez por não ter médico de plantão naquela hora.
k. Friamente o entrevistado confessou que roubara o carro com o amigo para passear no sábado à noite.
l. Falou sobre as principais fontes poluidoras da cidade de São Paulo e, conforme prometeu, denunciou a indiferença de algumas autoridades que nunca se preocupam com o problema.
m. Em julho de 1936, em São Paulo,a rádio Cosmos informava que passaria a apresentar, semanalmente, um programa luso-brasileiro.
n. Verdadeiramente não podemos nos calar diante de uma injustiça, dizia meu pai quando falava sobre os problemas sociais.
o. Vestiu-se para a cerimônia, talvez sem vontade; olhou-se demais no espelho e, apesar de elegante, sentia-se um palhaço.
p. Na hora do café costumava sentar-se à mesa, conosco, comia meio de lado e era sempre muito agradecido a nós.


31- Informe se o termo destacado é vocativo ou aposto.

a. Paranapiacaba, uma vila ferroviária construída pelos ingleses, transporta para as matas atlânticas um pouco da Inglaterra do tempo da rainha Vitória.
b. Crianças, escolham um brinquedo e divirtam-se.
c. Ó gente, está na hora de sairmos.
d. Alô! Brasil, a partir de agora transmitiremos o jogo inicial do Campeonato Mundial de Basquete Feminino.
e. Ó de casa! Tem gente aí?
f. Chegando a São Paulo, o maior centro urbano do país, não deixe de visitar o Museu de Arte de São Paulo.
g. “Pai, afasta de mim esse cálice.” (Chico Buarque)
h. “Já me sinto esgotado e cansado de pensar, Meu Deus.”